Skip to main content
search

O tratamento é iniciado pela quimioterapia antes da cirurgia geralmente quando a extensão da doença está muito grande, o que dificulta a cirurgia num primeiro momento ou obriga a retirada total da mama e isso não é o desejo inicial. A quimioterapia tem a capacidade de reduzir o volume tumoral e permitir uma cirurgia menor.

Entretanto, mais recentemente, as indicações dessa estratégia a se ampliaram. Hoje podemos dizer que, sempre que estiver definido pelos critérios clínico e da biópsia no que se refere ao tipo de tumor e estadiamento da doença que o tratamento quimioterápico será necessário, podemos considerar a possibilidade de fazer a administração desses medicamentos antes da cirurgia.

Além do benefício de uma cirurgia menor, podemos evitar o esvaziamento axilar e conhecer a sensibilidade do tumor aos quimioterápicos escolhidos (taxa de resposta).

Autores:

 

Portal Câncer de Mama Brasil

Portal Câncer de Mama Brasil

Dr. Eduardo Millen • Rio de Janeiro/RJ – CRM-RJ: 5263960-5
Dr. Felipe Zerwes • Porto Alegre/RS – CRM-RS: 19.262
Dr. Francisco Pimentel Cavalcante • Fortaleza/CE – CRM-CE: 7.765
Dr. Guilherme Novita • São Paulo/SP – CRM-SP: 97.408
Dr. Hélio Rubens de Oliveira Filho • Curitiba/PR – CRM-PR: 20.748
Dr. João Henrique Penna Reis • Belo Horizonte/MG – CRM-MG: 24.791

Close Menu