O que é PAAF?

Esse é o método mais simples de obter material para diagnóstico e avaliar nódulos de mama

A Punção Aspirativa com Agulha Fina (PAAF) representa o método mais simples de obter material para diagnóstico e avaliar nódulos de mama. Consiste na utilização ideal de uma seringa de 20 ml acoplada a uma agulha fina que introduzida no nódulo de mama, através de delicados movimentos repetitivos, permite a obtenção de células para definição do diagnóstico de câncer de mama.

O método apresenta excelente indicação na diferenciação de nódulos sólidos dos cistos de mama que, por terem seu conteúdo preenchido por líquido, permitem sua aspiração e pronta resolução, com desparecimento do nódulo. Nos nódulos sólidos, não ocorre a saída de líquido e o material obtido é utilizado para preparar uma lâmina que é enviada ao patologista para análise e diagnóstico.

A PAAF apresenta baixo custo e alta disponibilidade, o que permite sua aplicação em qualquer ambulatório/consultório. Nos casos de cistos mamários, é realizada a pronta aspiração. Já nos casos de nódulos palpáveis, permite o envio de células para diagnóstico com rapidez, facilidade e baixo custo, permitindo que a paciente ganhe tempo na obtenção do diagnóstico e planejamento adequado da conduta.

Mas a PAAF não permite a diferenciação entre tumores in situ ou invasivos, além de não ser possível realizar o exame de imunohistoquímica.

Ainda pode ser indicada na avaliação de linfonodos axilares, quando é necessário identificar o envolvimento destes na programação de quimioterapia neoadjuvante e radioterapia adjuvante.

Em resumo, o uso da PAAF representa método simples e prático de obtenção de diagnóstico com baixo custo, principalmente em nódulos palpáveis. Na suspeita clínica e radiológica de câncer, um PAAF negativo não exclui o diagnóstico e deve-se prosseguir a investigação.

Autores:
Compartilhar