Você sabe porque outubro é o mês do Câncer de Mama?

Outubro Rosa é um movimento internacional que visa a conscientização sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

Outubro Rosa

O câncer de mama é a neoplasia mais incidente e letal para as mulheres. Porém quando diagnosticado precocemente têm taxas de cura acima de 95%. Mas porque outubro foi escolhido ?

O movimento Outubro Rosa (Pink October) começou em 1990 com uma corrida de rua em Nova Iorque, Estados Unidos, promovida anualmente. Porém em 1997, duas cidades dos Estados Unidos (Yuba e Lodi), começaram a promover atividades voltadas para o diagnóstico e prevenção do câncer de mama, utilizando o mês de Outubro como o centro das ações.

O Outubro Rosa é um movimento que visa conscientizar sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama bem como desestigmatizar essa doença.

O câncer de mama tem tamanha relevância pelo fato de ser a neoplasia maligna mais incidente e a mais letal em mulheres no mundo. Somente em 2018 foram estimados 2.100.000 novos casos de câncer de mama no mundo e 627.000 mortes por essa neoplasia.

A importância da conscientização da prevenção e diagnóstico precoce é extremamente relevante porque se essa neoplasia for diagnosticada em fase inicial a chance de cura ultrapassa 95%.

O Outubro Rosa atualmente é uma campanha internacional e anual de saúde organizada pelas principais instituições de caridade do mundo para aumentar a conscientização sobre o câncer de mama e arrecadar fundos para pesquisas sobre sua causa, prevenção, métodos diagnósticos, tratamento e sua cura.

A campanha também oferece informações e apoio às pessoas, amigos e familiares afetadas pelo câncer de mama. Esta campanha começa em 1º de outubro e termina em 31 de outubro de cada ano.

No Brasil, o primeiro sinal de simpatia pelo Outubro Rosa aconteceu em outubro de 2002, quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também chamado de Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, foi iluminado de rosa. Em outubro de 2008, ou seja, há aproximadamente 11 anos, o movimento ganhou força e várias cidades brasileiras foram iluminadas como uma forma de chamar a atenção para a saúde da mulher focando a prevenção e conscientização sobre o câncer de mama.

Compartilhar