Já é possível detectar tumores precoces através de testes sanguíneos?

Pesquisadores associaram tecnologias de biópsia líquida com alterações produzidas no DNA de certos tipos de tumores e inteligência artificial

Pesquisadores do Princess Margaret Cancer Center, liderado pelo Dr. Daniel de Carvalho, publicaram na Nature, uma importante revista científica, estudo no qual atestam ser possível identificar diversos tipos de tumores através de testes sanguíneos.

Os pesquisadores afirmaram terem conseguido associar tecnologias recentes de biópsia líquida (utilizada na identificação de DNA de tumores) com a busca de alterações produzidas no DNA em certos tipos de tumores, além de inteligência artificial que combina técnicas de “machine learning” na identificação destas alterações. De acordo com os pesquisadores, esta combinação foi capaz de identificar tumores precocemente, entre 6 meses e 3 anos antes do início dos sintomas.

Para a pesquisa de DNA circulante de células tumorais através de biópsia líquida, os cientistas também conseguiram comparar amostras de 300 pacientes com 7 tipos de tumores, entre eles, pulmão, pâncreas, cólon retal, mama, leucemia, bexiga e rim com amostras de doadores sadios. O teste foi capaz de identificar as alterações tumorais nas pessoas doentes e não identificar nos sadios. Após avaliação inicial, expandiram a pesquisa e já tem mais de 700 amostras de sangue e tecido tumoral para avaliação.

Espera-se que, num futuro próximo, com melhor entendimento das tecnologias de biópsia líquida e aumento das pesquisas sobre DNA de células tumorais circulantes, o diagnóstico do câncer possa ser realizado o mais precocemente possível. Até o momento essas pesquisas têm sido conduzidas em estudos clínicos, não sendo utilizadas amplamente na prática clínica.

Segundo os investigadores responsáveis pelo estudo, novas perspectivas brevemente mudarão a maneira como diagnosticaremos precocemente os diversos tipos de tumores, trazendo ainda mais esperança para compreensão e cura do câncer.

Autores:
Compartilhar