O que comer quando você está com a imunidade baixa

A diminuição da imunidade é uma sequela bastante comum em pacientes submetidas à tratamentos para o câncer de mama. Veja como melhorar a sua imunidade através da alimentação. Confira os alimentos que ajudam na imunidade.

O que comer quando você está com a imunidade baixa

Um dos sinais de diminuição da imunidade é a chamada neutropenia. Há uma queda na produção de elementos do sangue, incluindo os glóbulos brancos, que são os principais responsáveis pelo sistema imunológico.

Quando a paciente está recebendo quimioterapia existe a possibilidade real de ocorrer neutropenia, portanto é recomendado evitar certos alimentos: peixe cru, mariscos crus, carnes mal passadas, frutas e verduras mal lavadas, leite não pasteurizado e produtos a base de ovos crus.

Frutas e vegetais lavados corretamente são geralmente seguros, assim como são a carne e os ovos que tenham sido adequadamente preparados e armazenados.

Como lavar adequadamente as frutas e verduras?

  1. Lave as frutas, verduras ou legumes em água corrente removendo toda a sujeira.
  2. Em uma bacia, faça uma solução com 1 litro de água e 1 colher de sopa de água sanitária ou utilize hipoclorito de sódio, conforme as recomendações do fabricante.
  3. Coloque as frutas, legumes ou verduras na solução por 15 minutos.
  4. Retire os alimentos, lave-os em água corrente e os deixe secar naturalmente.Os alimentos que não forem consumidos na hora devem ser armazenados em potes com tampa e colocados na geladeira para aumentar sua durabilidade.

Veja alguns alimentos para dar aquele “up” na imunidade:

  • Alho: é um tempero versátil, rico em vitaminas A, C e antioxidantes. Fortalece o sistema imunológico e auxilia no combate às infecções. Descasque, pique e deixe o alho descansar por 15 minutos antes de utilizá-lo na comida, isso ajuda a melhorar sua biodisponibilidade em nosso organismo.
  • Melancia: Hidratante e refrescante, a melancia também possui um potente antioxidante: a glutationa. Conhecida como grande aliada para fortalecer o sistema imunológico para que este possa combater diversas infecções, a glutationa é encontrada na parte vermelha da fruta, perto da casca.
  • Castanha do Pará: Rica no mineral selênio, que melhora o sistema imunológico e auxilia na cicatrização. Consuma de 1 a 2 por dia.
  • Frutas cítricas: São ricas em Vitamina C que tem ação antioxidante e melhora os efeitos da vitamina E, regenerando suas fórmulas de ação quando ocorrem formações de radicais livres. Têm efeitos benéficos principalmente em infecções respiratórias e nas gripes.
  • Pimenta: A pimenta é fonte de betacaroteno, substância que se transforma em Vitamina A, nutriente que protege o organismo contra infecções.
  • Vegetais Verdes Escuros:  Brócolis, couve, couve de Bruxelas, rúcula e espinafre são fontes importantes de ácido fólico e vitaminas A, B6 e B12, que possuem papel na maturação das células imunes, ajudando na resistência às infecções. Estes alimentos também são ricos em ácido fólico, nutriente que participa da formação de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo.
  • Gengibre: possui ação bactericida e vitaminas B6 e C. Auxilia na redução de inflamações e dor. Pode ser adicionado no suco (1 colher de sopa de gengibre ralado, duas vezes por dia) ou servir para fazer chá (2 colheres de sopa de gengibre fresco para 1 litro de água). O gengibre também ajuda a controlar as náuseas decorrentes da quimioterapia.
  • Peixes: possui alta concentração de ômega 3 e ácidos graxos. É um alimento muito potente na manutenção do sistema imunológico.

Nutricionista Oncológica Fernanda. S. Bortolon
CRN2 6210 – Porto Alegre / RS

Compartilhar