Ciclofosfamida

A CICLOFOSFAMIDA é um medicamento citotóxico da classe dos alquilantes derivado da mostarda nitrogenada que age principalmente nas células do nosso corpo que se encontram em divisão celular sendo um antineoplásico (quimioterápico) conhecido como ciclo inespecífico.

Ciclofosfamida

No tratamento do câncer de mama, a CICLOFOSFAMIDA é prescrita em combinação com outros quimioterápicos como a doxorrubicina, popularmente chamada da “vermelha”.

Esse medicamento pode interagir com outros medicamentos predispondo ao aumento de efeitos colaterais ou reduzindo sua eficácia, isso ocorre por alteração do seu metabolismo e excreção o que aponta para importância de informar a equipe médica sobre demais medicamentos utilizados enquanto na terapia com a CICLOFOSFAMIDA.

Quais os nomes comerciais e formas de aplicação da CICLOFOSFAMIDA?
A CICLOFOSFAMIDA é comercializada com nome comercial de Genuxal e pelo nome genérico, ciclofosfamida monoidratada. Existem apresentações em drágea (50mg), que permite a ingesta oral, e parenteral (200mg e 1000mg) para infusão venosa.

Quais as indicações da CICLOFOSFAMIDA?
A CICLOFOSFAMIDA é bastante utilizada para tratamento de cânceres de mama, sarcomas do adulto e criança, câncer de ovário dentre outros, além de doenças benignas de caráter autoimune. No tratamento para câncer de mama é prescrito comumente em combinação com a doxorrubicina (AC), docetaxel (DC), ou em conjunto com metotrexate e 5-FU (CMF).

Quais os principais efeitos colaterais da CICLOFOSFAMIDA?
Alguns dos principais efeitos colaterais são queda do cabelo, neutropenia (baixa da imunidade), náusea e vômitos. Um efeito adverso importante é a cistite hemorrágica (saída de sangue pela urina) que ocorre quando as doses prescritas são superiores a 750mg/m2. Normalmente surge no mesmo dia ou poucos dias após a infusão da CICLOFOSFAMIDA e pode ser prevenida pelo uso de um protetor da mucosa da bexiga chamado MESNA e hidratação vigorosa.
Importante lembrar também dos efeitos nas células reprodutivas (germinativas) pelos riscos de infertilidade, tanto nos homens como em mulheres. As alterações reprodutivas podem ser percebidas através da amenorreia (parada da menstruação) nas mulheres e atrofia testicular em homens com impacto reprodutivo que pode ser permanente.

Conclusão
A CICLOFOSFAMIDA é um quimioterápico ciclo inespecífico utilizado em diversos cânceres e doenças autoimunes. Apresenta um bom índice terapêutico e em geral os efeitos adversos são preveníveis e manejáveis. É um dos medicamentos indispensáveis para o armamentário contra os cânceres, em especial ao câncer de mama.


Dra. Danielle Calheiros – CREMEC 8220
Oncologista Clínica da Pronutrir Fortaleza/CE

Compartilhar