Uso da Capecitabina no Câncer de Mama

Recentemente, a capecitabina vem sendo utilizada em mulheres com câncer de mama triplo negativo que não obtiveram resposta completa após quimioterapia.

Uso da Capecitabina no Câncer de Mama

Novos dados apresentados em San Antonio corroboram esta estratégia.

Metanalise do Uso da Capecitabina
Metanalise é um tipo de estudo que avalia um conjunto de estudos juntos para alcançar a melhor evidência possível para determinado parâmetro, neste caso tratamento. Esta apresentada hoje avaliou o uso da capecitabina em cerca de 15 mil pacientes. Os resultados demonstraram que esta droga deve ser adicionada em pacientes com doença triplo negativa (que não expressam receptores hormonais e nem HER2).

Capecitabina após Cirurgia em Triplo Negativo
Diferente do estudo CREATEx, estas pacientes não fizeram quimioterapia antes da cirurgia. A capecitabina foi usada nos tumores triplo negativos e demonstrou vantagem significativa em seu uso. Em resumo, agregando os resultados deste estudo com anteriores, pode-se concluir que o uso da capecitabina deve ser considerado em certos pacientes com Câncer de mama triplo negativo.

Compartilhar